10 nov

Porque devo ir para África?

porque ir a ÁfricaA África é o terceiro continente mais extenso em quilômetros quadrados, apresentando uma grande diversidade étnica, cultural, social e política, e grande diversidade étnica, cultural, social e política.

Mas aqui falarei de um belo pais e com divergência como muitos outros que engloba esse continente, África do Sul.

A África é um lugar com belíssimas paisagens, uma rica gastronomia e lugares turísticos incríveis, com certeza passeios e aventuras não faltam nesse pais.

A África do Sul vem sendo muito procurada para viagens internacionais por vários motivos além de suas paisagens, os custos de viagens são mais em conta relacionados a outros países, pois a moeda local é menos valorizada frente ao real do Brasil.

A África é um país que vale a pena conhecer pelas suas belezas, pela sua cultura, pelo seu povo.

Ao mesmo tempo que se viaja para África para conhecer lugares novos, uma cultura nova, é possível aliar tudo isso aos estudos de aprimoramento de conhecimento, tem ótimas faculdades, intercâmbios e também ótimos programas de trabalho voluntário, afinal ajudar a quem precisa é uma forma de conhecer lugares novos, e em muitos lugares da África é possível apreciar suas belezas, aprender algo novo e ainda ajudar quem realmente precisa.

Alguns motivos para viajar para África

África e suas belezasCom certeza há muitos motivos que atrai viajantes a África, um deles são suas lindas paisagens, mas há outros que devemos levar em conta.

  • Custo da viagem barata;
  • Fácil acesso a acomodações boa e barata;
  • Albergues incríveis;
  • Vinho barato e muito bom;
  • Voos internos não são caros;
  • Consegue apreciar uma boa comida em qualquer lugar;
  • Aluguel de carro é barato;
  • Da para fazer um safári sem gastar muito;
  • Tem inúmeras paisagens deslumbrantes e pontos turísticos e culturais incríveis.

Principais cidades da África do Sul

Sabemos que o continente africano é incrivelmente lindo e com lugares incríveis para se visitar, mas se tratando da África do Sul existem algumas cidades que não dá para deixar de visitar em uma viagem.

Johanesburgo: é uma cidade vibrante e multicultural, é destino certo de quem vai para África, é uma cidade tem uma vida noturna bem agitada e a uma boa gastronomia para que aprecia bons restaurantes, bares e casas noturnas, nessa cidade é possível visitar museus e centros históricos e assim conhecer um pouco mais desse lugar e suas histórias.

Cidade do Cabo: é uma cidade cheia de atrações turísticas, uma das cidades mais bonitas, com praias belíssimas, para bons apreciadores de vinhos as vinícolas são esplêndidas, um lugar para fazer vários passeios culturais ou não e ainda comprar alguns diamantes nas diversas lojas do setor, além de ter ótimos restaurantes, na cidade do cabo pode se visitar vários museus, fazer safáris e muitos outros passeios diversão e aventura com certeza não faltam.

Durban: é a terceira maior cidade da África, cheia de belezas naturais, lindas praias e lugares históricos, com cheirinho de Cury, é em Durban pode estar a maior concentração de indianos, fora da Ásia, na culinária que predominância asiática é fácil encontrar pratos exóticos e deliciosos.

19 out

Como se prevenir da AIDS na África

aids na ÁfricaQuem gosta de viajar e estar perto da natureza, mas prefere fazer uma viagem internacional acaba optando pela África. Esse continente possui inúmeros lugares incríveis e ainda é possível fazer um safári e estar próximo aos animais selvagens do local.

Nós homens (está no nosso extinto), somos o cara da “caça”, e com isso acabamos não tendo prevenção na hora H, ou seja, só pensamos em como fazer uma mulher gozar e não em como fazer uma mulher gozar e se prevenir.

No entanto, esse continente é conhecido pela miséria que ali se encontra e a Aids que está presente em sua população. Aliás, foi nele que começaram a surgir os primeiros casos de pessoas infectadas com essa doença nos anos 80 e que acabou com a vida de inúmeras pessoas.

A situação já foi tão grave que a expectativa de vida de sua população caiu radicalmente em anos próximos a sua descoberta. Diante disso, qualquer um de nós faria o possível para não ser infectado pela Aids, afinal, ela acaba transformando a vida de qualquer pessoa.

Prevenção da Aids na África

Os africanos estão deixando de lado o medo de morrer dessa síndrome graças aos tratamentos antirretrovirais que são disponibilizados. No entanto, as medidas preventivas estavam ficando de lado pelos seus habitantes por causa disso.

É bem verdade que com esses tratamentos as pessoas infectadas estão tendo a possibilidade de viver uma vida normal como nós que não a possuímos. Mas isso não é motivo suficiente para que a prevenção seja abandonada.

Uma das formas de se prevenir da Aids encontrada nesse continente é incentivando os jovens a casarem-se virgens e a não trair o seu parceiro.

Nos cartazes espalhados por vários lugares se vê o incentivo a esses dois atos e não o estímulo ao uso da camisinha como é de praxe no Brasil. Após todo o incentivo a esses dois pontos é que se fala em usar a camisinha nas relações sexuais.

Dica rápida → Se você quer melhorar sua vida sexual, talvez o Turbinando o Desempenho Sexual funciona pra você, porque através dele você vai resolver seus problemas de ereção em até 48h apenas com produtos naturais e melhor, gastando muito pouco dinheiro.

Porque o uso da camisinha não é estimulada na África

AIDSDiferentemente do nosso país, a África não incentiva em seus cartazes o uso da camisinha para que seja evitada a contaminação com o vírus da Aids.

Ela tem seu incentivo, mas o estímulo para que os casais sejam fieis e que os jovens se casem virgens é o foco principal.

Vários trabalhos científicos foram realizados sobre a eficácia do preservativo no combate a Aids. E neles foi constatado que ele acabe se rompendo em um a cada cinco seja por falha, má conservação, poros maiores que o do vírus, ruptura entre tantos outros motivos.

Como esse continente já é muito castigado pela fome e algumas doenças que ali estão presentes, ver sua população sofrendo com essa síndrome mesmo tentando se proteger fez com que outros caminhos surgissem.

Saiba mais em: http://brasilescola.uol.com.br/geografia/a-aids-na-africa.htm

6 out

Preciso aprender inglês para ir para África?

intercambio na ÁfricaAprender um idioma novo é sempre bom na vida do ser humano. Faz uma grande diferença para seu lado profissional, acadêmico e cultural.

Aliás o domínio de uma língua estrangeira e em especial o inglês é uma exigência casa vez maior das empresas na hora da contratação.

Fazendo uma pesquisa sobre idiomas e sua importância em questão de viajar para África me chamou a atenção o fato de lá se falar cerca 11 idiomas, mas a língua comercial oficial é o inglês.

É claro que para viajar para África não precisa falar fluentemente Tsonga ou Zulu, mas ter um pouco de domínio do inglês é recomendável, mesmo que seja o básico, até porque depender de um tradutor a viagem toda pode gerar um custo maior.

Uma dica legal que peguei para mim é começar um curso de inglês antes da viagem, para ir criando uma familiaridade com o Idioma e procurar curso que se adaptam as necessidades da viagem, como aulas extras de como se comunicar com o inglês básico na África.

E também durante a viagem podem fazer um intercâmbio, afinal a África está sendo bem requisitada para fazer intercâmbio de inglês. Tem que escolher o tipo de curso e escola que mais se adapta ao propósito de aprender o idioma.

Eu como morador de Johannesburg na África do Sul, oriento fazer um curso de inglês online como o curso Inglês do Jerry. Esse curso eu recomendo porquê simplesmente eu fiz ele.

Quando vim para África eu não sabia falar totalmente inglês, ainda “gaguejava” foi quando então resolvi apostar no treinamento do Jerry Costa. Se não conhece ainda, vale muito a pena!

Algumas razões para fazer intercambio na África

fazer intercambio na ÁfricaNão é caro: Comparado a valores de intercâmbios na Inglaterra e nos Estados Unidos, os intercâmbios na África têm como atrativo o baixo custo.

Não há necessidade de visto para cursos de até três meses: não necessita de visto para cursos de até quatro semanas, pois é automático o visto de turista.

O clima é similar ao do Brasil: para quem não gosta de frio, está é uma opção agradável, e que vem atraindo muitos brasileiros para cursos de intercâmbios.

Paisagens espetaculares: a África tem paisagens lindas e variadas como desertos, montanhas, savanas, florestas e tantas outras;
Realmente é um lugar magnífico que ao mesmo tempo em que aprende ou aperfeiçoa o inglês, pode apreciar diversas paisagens, unindo o útil ao agradável.

Uma dica rápida: Eu sou autônomo e nas horas vagas além de curtir a África eu ajudo algumas pessoas carentes, principalmente, crianças. Se você gosta de futebol ou de esportes em geral e quer ser o próprio patrão, eu te aconselho a fazer o Trader Esportivo 2.0 que é um curso de apostas esportivas.

Resumindo: Você consegue ganhar dinheiro fazendo apostas em resultados de jogos de futebol, tudo o que você precisa fazer é estudar, fazer as análises corretamente e assistir os jogos no qual você investiu.

Algumas cidades para fazer turismo e intercambio

Sei que é importante ter uma noção do inglês para conhecer as belezas da África de forma mais independente, mas aproveitar a viagem para aumentar o conhecimento no inglês é uma combinação perfeita, existem cidades que oferecem ambas possibilidades.

Cidade do Cabo: é um dos destinos preferidos na hora de escolher um intercambio na África, uma cidade colorida, cheia de belezas e aventuras e tem excelentes escolas de idiomas;

Johannesburg: é a cidade do ouro e dos diamantes, cheia de opções turísticas, também é procurada por estudantes de intercâmbios que quer não apenas aprimorar seus conhecimentos, mas ter um aprimoramento cultural;

Durban: é uma cidade praiana com diversas opções de passeios, é a terceira maior cidade da África, com uma vida noturna bem agitada;

Pretoria: cidade de médio porte, com vida noturna mais calma, com ótimos restaurantes e belas paisagens;

Port Elizabeth: é a segunda maior cidade da África, uma cidade com muitos passeios históricos e próxima as praias mais lindas, não é muito requisitada por turista, mas é uma ótima opção.

Veja no link abaixo as melhores praias da África:

https://www.tripadvisor.com.br/TravelersChoice-Beaches-cTop-g6

Antes de viajar a passeio ou para estudar é preciso se informar bem sobre os lugares que visitará, ainda mais quando é para um lugar com um idioma que ainda não domino, o bom de viajar para África é também conhecer suas universidades e opções de trabalhos voluntários.

No artigo passado falei sobre manter a saúde na África, vale a pena conferir.

25 set

É possível manter a boa forma viajando para África do Sul?

manter a dietaSe você está a fim de ir para África do Sul e quer manter em forma e na dieta essa página é para você.

A África do Sul cada vez mais está tornando o destino preferido de muitos turistas brasileiros, embora os animais selvagens sejam um dos maiores encantos, o país consegue reunir praias paradisíacas, locais históricos, vida noturna agitada e cidades modernas com infraestrutura de primeiro mundo.

Ainda mais um país como África que tem um povo super acolhedor o que deixa a viagem ainda mais inesquecível.

Porem uma coisa que pode tirar o sono de muitas pessoas é a saúde, pois cada vez mais as pessoas estão preocupadas em manter a saúde durante a viagem. Tá certo que não é uma tarefa muito fácil, mais é totalmente possível quando você sabe realmente o que comer e o que não comer.

Dicas para manter a forma em uma viagem para África

A primeira dica que você DEVE levar em consideração é procurar um pouco mais sobre a cidade que você vai se hospedar, assim você consegue identificar quais mercados e restaurantes estarão perto de você e que provavelmente você comerá.

No caso dos mercados é muito importante saber se existe perto da sua hospedagem porquê assim você poderá comprar seus alimentos e preparar você mesmo suas refeições ou lanches durante o dia e lanches durante os passeios.

Se você está em dieta, você pode muito bem comprar os alimentos que podem estar nela. Um ótimo exemplo é a dieta do abacaxi onde é permitido comer abacaxi em todas as refeições. Nessa dieta por exemplo, o alimento principal, o abacaxi, pode ser facilmente comprado nos mercados e feiras da África do Sul.

manter a boa formaUma ótima dica é levar um fogareiro, caso você deseja preparar suas próprias refeições. Existem fogareiros portáteis que ocupam pouco espaço na bagagem, portanto, vale super a pena levar seu fogareiro para viagem.

Um outro exemplo clássico de dieta, é a dieta do ovo cozido que trata-se de uma dieta onde as refeições têm que ter um ovo cozido. Se você busca estar em forma durante a viagem para África, a dieta do ovo cozido funciona para você, porquê a mesma é saudável e promove a reeducação alimentar corretamente.

Outro ponto importante é sobre atividade física, geralmente quando estamos viajando, conseguimos se movimentar mais, porque boa parte das pessoas não querem ficar apenas deitado ou sentado.

Mais mesmo se movimentado mais, precisamos fazer alguma atividade física para nos manter em forma.

E um dos exercícios físicos que melhor se adapta em viagens são os exercícios funcionais e os de alta intensidade. Isso porquê, por duas coisas: ambos os exercícios necessitam apenas do peso do seu corpo, ou seja, esses exercícios não precisam de aparelhos.

Um beneficio a mais dos exercícios de alta intensidade para os exercícios funcionais é que os exercícios de alta intensidade podem serem feitos em poucos minutos, isso é, de 5 a 20 minutos no máximo.

Isso é ótimo, pois você não perderá muito tempo fazendo esses exercícios, 15 minutinhos por dia já é o suficiente.

Veja a seguir um exemplo desses exercícios:

Caso você opte pelo exercício funcional, veja abaixo um exemplo de vídeo de exercício funcional para você fazer durante a sua viagem para África do Sul: